fevereiro 26, 2012

HOMENAGEM À VOZ




MAX


Maximiano de Sousa ficou conhecido do grande público, pelo diminutivo “Max”, nasceu no Funchal a 20 de Janeiro e 1918. Aprendeu o ofício de alfaiate, e mesmo depois de ser artista ainda durante muito tempo manteve essa profissão. Em 1936 começou a actuar à noite num bar de um hotel do Funchal, em 1942. No conjunto Toni Amaral, actuava como cantor e baterista. Em 1946 integrando esse mesmo conjunto rumam a Lisboa e são contratados para actuar no famoso cabaré “Nina”. Começou a cantar fado em 1948, e o primeiro sucesso foi: “ Não digas mal dela”, o êxito foi tão grande que iniciou a carreira a solo, que rapidamente se transformou num sucesso. Em 1949 gravou o seu primeiro disco, com duas canções que se tornaram no seu definitivo trampolim para a fama “Noites da Madeira” e “Bailinho da Madeira”. Foi o primeiro de muitos êxitos como: “ A Mula da cooperativa” “Porto Santo” “ 31” “ Sinal da Cruz” e muitos mais. Além de cantor, Max destacou-se como compositor, muitos dos êxitos que interpretou foram composições suas, mas é de salientar a sua parceria com Artur Ribeiro, “Vielas de Alfama”, “Noite”, “Rosinha dos Limões” etc...



video

Nenhum comentário: